Coren/SC sugere diretrizes para discussões nas conferências municipais de saúde

Os conselheiros do Coren/SC definiram durante a Reunião Plenária Ordinária, ocorrida nos dias 13 e 14 de março, alguns temas que podem servir como diretrizes para serem levados pelos profissionais de Enfermagem nas discussões das Conferências de Saúde que ocorrem este ano. Até 15 de abril ocorrem as etapas municipais, de 16 de abril a 15 de junho devem ser realizadas as etapas estaduais. Em Santa Catarina, a etapa estadual será realizada entre os dias 4 e 6 de junho, em Florianópolis.

E por fim, de 4 a 7 de agosto será realizada a 16ª Conferência Nacional de Saúde (8ª+8), considerada o maior evento de participação social do Brasil. O evento será em Brasília (DF), com o tema “Democracia e Saúde” e é uma realização do Ministério da Saúde, com organização do Conselho Nacional de Saúde(CNS).

No mapa abaixo estão algumas das datas de conferências municipais que estão marcadas para ocorrer em Santa Catarina, iniciando já na próxima semana. Na Capital, o evento será entre os dias 4 e 6 de abril, no Centro de Cultura e Eventos da UFSC.

Os temas que podem servir como diretrizes são:

  • Saúde pública de qualidade
  • Formação na área da saúde em modalidade presencial
  • Plano de cargos, carreiras e salários para o SUS
  • Piso salarial para a Enfermagem
  • Carga horária de 30 horas semanais para a Enfermagem
  • Aposentadoria especial aos 25 anos de contribuição para os trabalhadores da área da saúde
  • Ampliar o número de técnicos de Enfermagem na equipe mínima na Estratégia de Saúde da Família (ESF)
  • Garantir o incentivo para municípios de médio e grande porte para cobertura da atenção básica com 100% de Estratégia da Saúde da Família
  • Contratação dos trabalhadores do SUS por concurso público